Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player







Notícias
   
Site












Novembro


1812
- Em 23 de novembro D. José Caetano da Silva Coutinho, Bispo do Rio de Janeiro e Capelão-mór do príncipe Regente nosso Senhor e do seu Conselho nomeou o Padre Missionário Frei Victório de Cambiasca Capelão curado do Distrito de São Fidélis, criando a Capela-Curada.

1864
- São Fidélis possuía nesse ano os seguintes Advogados: Dr. Custódio Leite de Souza, Dr. Henrique Ricardo O'relly, Dr. Joaquim Pinto Brasil, Dr. Joaquim Gomes de Menezes, Dr. Luiz Medeiros, Dr. João Gonçalves Gomes de Souza.

1858
- A Câmara Municipal de São Fidélis indeferiu o requerimento do povo da Freguezia de São José de Leonissa da Aldeia da Pedra (Itaoacara.) que desejava emancipação da referida Freguezia.

1854
- No dia 22 de novembro nasceu Dr. Laurindo Pitta, abolicionista fidelense Governador do Espírito Santo, Senador e Deputado Federal pelo Estado do Rio de Janeiro.

1878
- No dia 25 de novembro, 3ª Visita de S. M. D. Pedro II a São Fidélis em companhia de S. A. a Imperatriz Thereza Cristina Maia, conselheiro João Luiz Vieira de Cansação de Sinimbu do Presidente do Conselho Imperial Andrade Pinto, o Ministro da Marinha Augusto Duque Estrada Mayer o Marechal de Campo Henrique Baurepaire Roham, o Barão de Maceió (Médico do Imperador) o Visconde de Tamandaré (Anteriormente Almirante) o Visconde do Bom Retiro, o jornalista José do Patrocínio da Gazeta de Noticias, cognominado "O Tigre da Abolição" Cristiano Benedito Otoni irmão de Theóphilo Otoni. A comitiva hospedou-se "no casarão" da atual Biblioteca Municipal, solar do Barão de Vila Flor.

1869
- Três Companhias de Vapores que singravam as águas do rio Paraiba do Sul, faziam o transporte de café e outras mercadorias e também passageiros com destino ao Rio de Janeiro e Santos. Eram as seguintes: Companhia de Navegação Macahé-Campos, Companhia de Navegação a Vapor União Campista Fidelista, Companhia de Vapores São João da Barra São Fidélis.

1982
- Dia 15 de novembro o povo do Estado do Paraná elegeu o fidelense Dr. José Richa, ex-Prefeito de Londrina, ex-Deputado Federal, o 3º Conterrâneo nosso a ser senador da República, para o cargo de governador sendo o 5º fidelense a alcançar o maior cargo da administração Estadual.

 

Dezembro

1857
- A população da Vila de São Fidélis era de 5.225 habitantes na sede.

1884
- No dia 11 de dezembro, nasceu em São Fidélis o general Dermeval Peixoto, filho de Joaquim Peixoto Filho e Ana Valentim Peixoto. Campeão de Tiro nas Olimpíadas de Antuérpia, Medalha Militar de ouro com passadeira de platina, foi governador do Estado de Pernambuco.

1870
- No dia 03 de dezembro, por Ato de Dr. Theodoro Machado Freire Pereira da Silva Bacharel em Ciências Jurídicas e presidente da província do Rio de Janeiro pelo Decreto Lei 1.533 foi criado o Município com a elevação de sua sede à Cidade.

1885
- Em todos os Municípios formavam-se os Clubes republicanos. Em São Fidélis Dr. érico Coelho, Virgílio de Andrade Pessoa mais tarde deputa do Provincial, e Francisco Almeida eram os lideres.

1873
- Elevação de São Fidélis a Comarca, sendo seu primeiro Juiz o Dr. Dídimo Agápito da Veiga.

1875
- Inauguração do Telégrafo.

1918
- Inauguração de Luz elétrica, sendo o Presidente da Câmara o Major Elvídio José Lopes da Costa e Governador do Estado Dr. Agnello Geraque Collet. Dia 28 - instalação do serviço de água e esgoto sendo o Prefeito o Dr. Fernando Pereira da Rocha Paranhos, engenheiro civil natural do Estado de Pernambuco (o primeiro Prefeito de São Fidélis) o Governador do Estado Dr. Raul de Moraes Veiga.

1923
- No dia 13 de dezembro foi fundado o primitivo Fidelense Futebol Clube pelo cidadão Júlio Slacourt Sodré.

1945
- No antigo Estado da Guanabara, a Professora Juracy Silveira, fidelense que ocupou os cargos do magistério recebeu a Medalha Anchieta e as insíguineas de Carioca Honorária.

1975
- No dia 7 de dezembro o jornal "O Globo" noticiou que na localidade denominada Romão, 4º Distrito de São Fidélis, vive um Visconde francês Guy Henri Albert Signourel de Saint Jean de Pointis, fidelense filho de Renê de Pointis, oficial do Exército Francês, ex-comandante do Marechal De Gaulle na Guerra de Marrocos. (O titulo na França é transmitido por herança).

 

 

Autor: Aurênio Pereira Carneiro
























Copyright © 2001 - 2017  www.saofidelisrj.com.br | Todos os Direitos Reservados.

   empresa responsável Consultoria RP4 & Comunicação   Registro DRT/RJ nº 29740