Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player







Notícias
   
Site












São Fidélis




Quando os frades capuchinhos frei Angello Maria de Lucca e frei Victório de Cambiasca, fundadores da Aldeia de São Fidélis de Sygmaringa, designados pelo prefeito dos capuchinhos da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro (Frei Antônio Maria de Vanejo) subiram o rio Paraíba do Sul, partindo da Vila de São Salvador dos Campos dos Goitacazes, para aldear os índios Coroados, que habitavam os sertões da citada vila, o nome da futura aldeia já havia sido escolhido: "São Fidélis de Sygmaringa".

O topónimo é uma homenagem ao capuchinho, mártir da igreja católica, cujo primitivo nome era Marcus Roy, nascido na Alemanha, no Condado de Sygmaringenn, em 1.? de outubro de 1577, filho de Johann Roy, "burgomestre" e juiz da referida cidade. Marcus Roy frequentou a Universidade de Fribourg, e em 1603 adquiriu o grau de magister e doutor (ambos em Direito), em Villingen, sendo ainda assessor no Tribunal de Esishein, na Alsácia. Em 1612, ingressou como monge no Convento dos Capuchinhos, em Fribourg (Breisgau). Em 1.? de outubro recebeu o nome de Fidélis.

No ano de 1621, época das "Guerras Furiosas nos Grisões", participou com as tropas austríacas nas batalhas. Ao tentar reconverter os "calvinistas", na Suíça, perto de Pratecau, foi morto por um grupo de fanáticos, no dia 24 de abril de 1622, aos 45 anos de idade. São Fidélis foi beatificado pelo Papa Benedictus XIV, em Roma, no ano de 1729.

Autor: Aurênio Pereira Carneiro.
























Copyright © 2001 - 2017  www.saofidelisrj.com.br | Todos os Direitos Reservados.

   empresa responsável Consultoria RP4 & Comunicação   Registro DRT/RJ nº 29740