Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player







Notícias
   
Site












Bairro Cristo Rei


Bem vindo ao bairro Cristo Rei

O bairro Cristo Rei foi pensado e desenvolvido pelo falecido empresário empreendedor Benedito da Silva Gomes (popular Benedito Passarinho), no inicio da década de 80. Foram construídas 120 casas, uma escola, a igreja de Cristo Rei, uma área com parque, uma pracinha onde há uma escultura na qual faz homenagem ao trabalhador e uma quadra de esporte.

Por que bairro Cristo Rei?

Segundo informações de uma das filhas de Benedito, Lídia Peres Gomes, o pai dela não tinha religião definida, porém ele dizia ser cristão, bem como falava, para ele, o que importa era saber que Jesus Cristo é o Senhor e ó único que reina em nossas vidas, portanto, assim quis designar o nome do bairro.

Ainda segundo informações, na época em que foram vendidas as casas, houve comprador que chegou a comprar cinco casas, outro comprou três, bem como as pessoas mais humildes financiaram um imóvel no bairro, visto ter sido construído com peculiaridades para ser um bairro popular, tendo em vista atender a demanda do déficit habitacional que sempre existiu.

Tanto foi assim que o falecido médico Dr. Juarez Santos Silva, na época, comprou uma casa para doar à Igreja católica Nossa Senhora Aparecida, localizada próxima à antiga estação ferroviária, cujo vigário naquela época - era padre Jonas. A igreja estava em fase de construção, e o médico então doou a casa para ser parte de um bingo para arrecadar dinheiro para as obras de construção da popular ‘igreja da estação’ provando, assim, que o preço de venda das casas no bairro Cristo Rei não era considerado alto.

Em relação aos nomes das ruas, todas foram denominadas nomes de santas, entre elas, Santa Cecília, Santa Maria, Santa Tereza, Santa Clara, Santa Izabel, Santa Efigênia, Santa Catarina e Santa Lúcia. Um detalhe coincidente: na Rua Santa Efigênia, foi construída uma casa para cada uma das cinco filhas e apartamentos para os netos, de modo que roga a história cristã que Santa Efigênia é considerada a padroeira dos militares, auxiliadora daqueles que buscam a casa própria e protetora dos incêndios. Santa Efigênia foi a propagadora do Cristianismo na Etiópia. Comemora-se sua santidade no dia 21 de setembro.

O bairro possui uma escola que poderia estar servindo à comunidade para oferta de cursos profissionalizantes, preparatórios e afins. As imagens mostram um prédio de grande porte tomado de mato ao seu redor e com vidraças quebradas, ou seja, em estado de abandono. Perguntamos se a família pensa em disponibilizá-lo para quaisquer empresas e/ou o próprio poder público, caso tivessem interesse em alugar para algum investimento? Segundo Lídia, está à disposição como sempre esteve, mas, até o momento, ainda não apareceu ninguém com interesse em adquirir o prédio para algum investimento na área educacional. Vale destacar que, por ser um bairro residencial, por enquanto ainda não há um nicho comercial presente, tipo, bares, restaurantes, lojas, entre outros.

Por Nelzimar Lacerda – www.saofidelisrj.com.br




























































































































Copyright © 2001 - 2017  www.saofidelisrj.com.br | Todos os Direitos Reservados.

   empresa responsável Consultoria RP4 & Comunicação   Registro DRT/RJ nº 29740