Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player







Notícias
   
Site












Bairro Montese


Bem vindos ao Bairro Montese

O bairro Montese é estritamente residencial, e por estar situado à margem esquerda da Rua Theodoro Gouvêa de Abreu (sentido Campos), isto é, trecho da RJ 158 acaba por contar com o forte comércio do bairro vizinho o qual São Vicente de Paulo. Ainda, entre as dificuldades apontadas por alguns moradores estão: ausência de área de lazer, praça, bem como a ausência de uma estrutura para galeria no escoamento das águas pluviais, pois quando chove há inundações pelas ruas da parte mais baixa em relação à topografia do bairro. Segundo os moradores, além destas observações, outra como, por exemplo, falta de tratamento de esgoto, bem como a falta de sinalização com os nomes das ruas e logradouros, o que prejudica também a quem reside e/ou passa pelo bairro e acaba tendo que sair perguntando que rua é esta ou aquela.

Por que Montese?

O último foco de resistência dos alemães conquistado pelo Brasil e as forças aliadas (FEB), foi o monte Montese que serviu como uma demonstração cabal e coragem dos soldados brasileiros e da capacidade de comando de seus chefes. Entre outros fidelenses, José Perlingeiro de Abreu saiu vitorioso e retornando à sua terra natal, São Fidélis, ocupou alguns cargos políticos, entre outros, prefeito da cidade. Como pessoa humana e sensível, amava sua terra.

O senhor José Abreu, percebeu que nas proximidades de um terreno que possuía entre os bairros São Vicente de Paulo e Morro do Fabre, havia muitas crianças que deixavam de frequentar a escola, devido à distância que tinham de percorrer para chegar a outras escolas, e por não ter meios de transporte disponível. Então, resolveu doar um terreno para a construção de uma escola, assim o fez, cujo local é onde foi construído o colégio Montese.

Devido o terreno estar localizado num local mais elevado, deu-se a construção do colégio Montese em homenagem aquele bastião outrora conquistado pela FEB – Força expedicionária Brasileira, da qual José Perlingeiro de Abreu fez parte.

O Colégio Estadual Montese foi construído no governo de Floriano Faria Lima, tendo como secretária de educação da época - a senhora Mirthes de Lucas Wenzel. A primeira denominação foi Grupo escolar Montese em 19 de setembro de 1975.

A partir de 11 de março de 1976, passa ser denominada Escola Estadual Montese, pelo Decreto Nº 640 de 11 de março, e publicado no D.O do dia 12 de março do mesmo ano. E a partir de 1991, a escola estadual Montese passou a ser denominado Colégio Estadual Montese através do decreto nº 1636, em 11 de março de 1991 e publicado no D.O no dia 12 de março do mesmo ano.

Em função da história sobre como surgiu o bairro Montese, a partir do advento da doação do terreno pelo falecido José Abreu para que fosse construída uma escola, o Montese já ganhou poesia pela poetisa Rosangela Lopes Abreu, assim como o bairro ganhou muitas residências.

Fonte: Colégio Estadual Montese

Imagens: Nelzimar Lacerda – www.saofidelisrj.com.br




















































Copyright © 2001 - 2017  www.saofidelisrj.com.br | Todos os Direitos Reservados.

   empresa responsável Consultoria RP4 & Comunicação   Registro DRT/RJ nº 29740